Monitor de Juros – Agosto 2021
image

Monitor de Juros – Agosto 2021

O levantamento feito pelo Monitor de Juros de agosto mostra em apenas uma modalidade houve predominância da queda de juros: Conta Garantida, a maior taxa, cobrada pelo Banco Safra, caiu de 4,02% a.m. para 3,71% a.m.. Na modalidade de Capital de Giro com prazo maior que 365 dias, as elevações equilibraram as baixas, com Caixa se mantendo com os juros mais baixos com taxa de 1,18% a.m. (ante 1,23% a.m.) e, na outra ponta, Santander com 2,60% a.m. (2,32% a.m. em julho).

 

Nas demais modalidades, prevaleceu o aumento das taxas cobradas na modalidade. O Banco Santander também fica com a maior taxa na modalidade Antecipação de Faturas de Cartão de Crédito, com juros a 1,19% a.m. (0,78% em julho), com o Banco Safra sustentando a menor taxa (0,54% a.m.); apenas Itaú teve redução dos juros, de 1,07% a.m. para 0,84% a.m., ficando com a segunda maior taxa. Para Capital de Giro com prazo menor que 365, Citibank, a despeito da alta, manteve-se com os menores juros (0,85% a.m.); entre as três instituições que tiveram redução, a maior queda foi na taxa do Santander, que ainda assim com 2,52% a.m. ficou atrás apenas do Banrisul, que teve aumento de 2,24% a.m. para 3,60% a.m.

 

Já para Cheque Especial, caracterizado pelas elevadas taxas, Banrisul teve redução e manteve-se com os menores juros (8,92% a.m.) entre as instituições avaliadas. Na outra ponta, Itaú teve aumento e seguiu com a maior taxa (14,13% a.m.). Na modalidade de Descontos de Cheques, embora a Caixa tenha registrado juros menores em agosto (3,02% a.m.) que em julho (3,18% a.m.), ela segue com a maior taxa; Banrisul foi a outra instituição em que houve queda, ficando com 1,83% a.m., acima apenas do Banco Safra que, embora tenha subido, registrou 1,28% a.m. em agosto.

 

É importante destacar que as informações apresentadas no monitor indicam as taxas de juros medidas aplicadas pelas principais instituições. Ainda que as taxas de juros estejam ligadas ao perfil de risco dos tomadores, o monitor evidencia as diferentes taxas aplicadas no mercado, destacando a importância de consultar diferentes instituições quando houver a necessidade de crédito.

 

Veja aqui o Monitor completo.

 

Fonte: Fecomércio-RS