Confira 7 estratégias para proteger sua margem neste ano
image

Confira 7 estratégias para proteger sua margem neste ano

Definição de sortimento e promoções deve estar alinhada com o perfil de consumo da sua loja

 

A inflação e crise econômica tem diminuído cada vez mais o poder de compra do shopper e prejudicado a lucratividade dos supermercados. Por isso, é importante extrair o máximo das categorias da loja para potencializar os resultados.

 

Para proteger as margens, consultores recomendam que o varejista esteja atento ao seu sortimento, que deve incluir produtos de menor valor para atender esse consumidor que prioriza preço, além de estimular o consumo por meio de promoções.

 

Confira, a seguir, algumas dicas que vão auxiliar na estratégia de definição do mix de produtos de sua loja e na escolha dos itens a serem promovidos.

 

1- Tendências de mercado  

Esteja por dentro de quais são as novidades e produtos em alta para não perder as oportunidades do momento, avaliando se estes estão alinhados com o perfil do seu consumidor.  

 

2- Entenda seu público

Conhecer seu shopper é primordial. Não adianta apostar em produtos da moda, como por exemplo os produtos ligados à saudabilidade, se estes não se encaixam no tipo de consumo da sua loja.

 

3- Analise quais benefícios

Tenha clareza do potencial do produto para o seu negócio. É possível que ele gere aumento de faturamento, de lucratividade e de venda/m2. Entretanto, há produtos que contribuem mais para o fortalecimento da imagem da loja do que para as vendas em si.  

 

4- Acompanhe os dados das categorias

Os dados oscilam. Por isso, acompanhe sempre a evolução das categorias nas curvas A, B e C, pois isso irá ajudar a identificar novos itens de atração para o consumidor e a definir estratégias promocionais para eles.

 

5- Seja criterioso na definição de quais itens promover

Promoção por promoção sem estratégia pode atrapalhar sua margem em vez de potencializá-la. Seja bastante criterioso na definição dos produtos que serão promovidos, selecionando os que não vão desequilibrar as margens da categoria.

 

6- Alinhe todos os setores

Tenha bem claro, em cada ação, quem são os responsáveis por cada área - compras, abastecimento do CD para loja, reposição em gôndola, etc. Todos os envolvidos precisam estar “na mesma página”.

 

7- Analise o resultado de todas as ações promocionais

É importante analisar a fundo o resultado de cada promoção para ter informação consistente na hora de definir as próximas estratégias, saber quais deram ou não certo e o que ainda pode ser feito. Muitas vezes, uma promoção é feita sem que o varejista saiba se de fato foi assertiva.