Colaboração omnichannel avança. E na sua rede?
image

Colaboração omnichannel avança. E na sua rede?

Nos EUA, empresas gigantes firmaram parceria para vender mais por meio da combinação entre produtos e canais

 

As parcerias entre negócios diferentes têm avançado e mostram como alavancar vendas a partir de combinações entre produtos e canais. Nos Estados Unidos, recentemente foi anunciada parceria entre duas gigantes: a varejista de alimentos Kroger vai oferecer tanto in-store quanto online os produtos mais procurados da Bed Bath & Beyond, especializada em artigos para casa. Já a Hy-Vee, também americana, firmou um acordo com a ótica Pair Eyewear, que opera online.

Esse modelo é interessante porque mescla a venda online com o mostruário disponível nos quiosques em algumas unidades, para que o cliente possa experimentar, escolher e encomendar. Em outras lojas, a Hy-Vee montou showroom com equipamentos de ginástica para o consumidor testar e, ali mesmo, fazer o pedido.

 

Ganho

Além de eventual locação do espaço ou participação nas vendas, as redes podem atrair fluxo de clientes específicos. Pessoas que se exercitam, por exemplo, tendem a preferir alimentos frescos e saudáveis, além de suplementos proteicos. Podem, portanto, ser seduzidas por um mix diversificado ou promoções tentadoras. E pessoas que precisam de roupas de cama sugerem ações para aumentar vendas de itens de consumo familiar ou atrair nova clientela.

 

Viabilidade

Esses negócios têm funcionado muito à base de teste e em lojas escolhidas a dedo em função do público a atender ou a atrair. Portanto testar é o caminho: pode valer tanto montar um quiosque para venda de acessórios eletrônicos como oferecer, no próprio e-commerce da rede, materiais de construção. Num atacarejo, aliás, criar uma operação conjunta com uma loja de materiais de construção pode ser uma alternativa interessante.